Archive for março \31\UTC 2009

Carniça

2009/03/31

Quem não conhece bem, diz que jornalista é carniceiro. Só gosta de ver sangue e tragédia. Parece até urubu!

É uma grande mentira. Jornalista também tem sensibilidade.

Olha que bela foto tirei desta linda ave que veio visitar a nossa redação:

imag042

rá!!

Anúncios

Pão com ovo

2009/03/31

Terça-feira às duas e vinte da tarde. Na chapelaria do Congresso dois motoristas conversam sobre comida. Chegam a um consenso que ambos estão precisando de “sustânça”. Um deles sai, vai até o Ford Fusion preto, placa 003 (da Câmara), e promete que trará ao colega um pão com ovo. Ainda tem a benesse de perguntar se o faminto compadre quer um caldinho de cana para ajudar a engolir o pão…. Pois bem, o benevolente motorista sai com o carro oficial, em busca da comida.

O carro 003 está em uso pelo 2º vice-presidente (e corregedor) da Câmara. Sabe quem é?

Antônio Carlos Magalhães Neto.

Que belo exemplo, hein?

"Pão com ovo não é assunto de corregedoria, né, meu rei..."

Público na privada

2009/03/31

Segunda-feira o Carlos Alberto Sardenberg perguntou se era correto um deputado contratar uma secretária parlamentar para trabalhar como doméstica. Respondi que embora o regimento da Câmara não detalhasse as atribuições da funcionária; eticamente era questionável. E me empolguei na resposta. Disse ainda que em Brasília é comum ver os assessores (só os apple polisher) fazendo coisas corriqueiras, como levando madames para passear e deixando os filhos de parlamentares na escola e em aulinhas de inglês.

Depois bateu um remorso. Será que exagerei? Aí foi só dar uma voltinha pelo Google que o remorso passou… Não é que a moda é antiga mesmo?

Em 2007, o carro da senadora Maria do Carmo (DEM-SE) foi flagrado deixando o neto da parlamentar na aula de violão... e buscando a empregada no supermercado!"

O Decreto nº 6.403, de 17 de março de 2008, dispõe sobre os carros oficiais e diz que:

Artigo 8º – É vedado:
VI – o transporte de familiares do servidor ou de pessoas estranhas ao serviço público (…)

Lição de mau jornalismo

2009/03/31

O mau jornalismo é assim, como saiu no Correio Braziliense.com

Veja:

“Acusada de trabalhar na casa do secretário de Transportes e deputado licenciado, Alberto Fraga (DEM-DF), mas receber pelo gabinete da Câmara dos Deputados, a ex-servidora Izolda da Silva Lima, 30 anos, foi exonerada pelo deputado Osório Adriano (DEM), suplente de Fraga. Izolda recebia R$ 480 por mês.”

ELA era acusada de trabalhar? Ou o DEPUTADO acusado de contratá-la e desviá-la de função??

Se tiver estômago de aço, a “reportagem” completa está aqui!

Vale a pena ver de novo

2009/03/30

Lembram do sabão que o deputado Fernando Gabeira passou no Severino Cavalcanti? Não?

Detalhe para o uso do “vossa excelência!”

… mas o problema é a crise!

2009/03/30

Duke
56

Mc fotogênico!

2009/03/30

Não amo muito nada disso*: mas na fome braba, vale tudo. Até McDonald’s! E que tal experimentar o novo (e fotogênico) Wrap Chicken Crispy?´

Bad idea.

mcd

* Que comentário mais “União do Vegetal”, não é?

copiadefelicidade1

Foi pego no Fraga!

2009/03/30

Em conversa com o deputado licenciado Alberto Fraga sobre as denúncias do Jornal Folha de S. Paulo, ele deixa escapar:

“A Izolda não é minha empregada doméstica. Vez ou outra, de fato, ela faxina algumas coisas do meu comitê. Arruma algumas roupas e me ajuda no que eu preciso. Mas não é minha empregada, não.”

Não?

A denúncia da Folha diz que Fraga paga a empregada com recursos da Câmara dos Deputados. Ela está lotada no gabinete do suplente, Osório Adriano. Mas trabalha mesmo é na casa do atual secretário de transportes do DF.

Como pelo menos 93% dos parlamentares também fazem isso… adivinha se essa denúncia vai para a frente?

i040608_06
Nota: Foto meramente ilustrativa. Só para não deixar o post sem imagem. Hehe.

Hora do Planeta

2009/03/29

Como muitas coisas em Brasília, a Hora do Planeta foi mais uma proposta que QUASE deu certo. Criada pela Ong WWF, idéia é chamar a atenção para os danos do aquecimento global e o uso racional da energia. Os principais monumentos de Brasília seriam completamente apagados entre 20h30 e 21h30 deste sábado. Mas não foi bem assim que ocorreu. Como na foto abaixo, o Itamaraty, por exemplo, não aderiu:

Itamaraty, STF e Praça da Bandeira não apagaram as luzes.

Itamaraty, STF e Praça da Bandeira não apagaram as luzes;

A Hora do Planeta em Brasília também mostrou um problema antigo: mesmo em pleno sábado à noite, há luzes acesas dentro de quase todos os Ministérios. Para quê? Alguns possuem serviços técnicos (como manutenção de redes). Mas o resto é desperdício mesmo. Isso ficou ainda mais visível quando as luzes da Esplanada foram desligadas:

Ministério do Desenvolvimento Agrário

Ministério do Desenvolvimento Agrário

O apagar das luzes foi cumprido na área externa dos prédios (observe que de QUASE todos…)

s50354041

s5035413

s5035425

Aproveitando que este post é sobre luz, há um monumento na cidade que estava todo apagado também, mas não era em homenagem a Hora do Planeta: A Torre de TV está mesmo abandonada. Se durante o dia já tem virado rotina o único elevador pifar, à noite, é um local sombrio. A Praça das Fontes está aos cacos. Em todos os 224 metros de altura da Torre, só há iluminação na base de concreto e uma luz de sinalização no topo. Nada mais. O resto é um monte de ferro rebitado que se projeta a partir de uma das áreas mais privilegiadas de Brasília. Privilegiada, mas esquecida. Abandonada.

s5035421

Para ver como foi a Hora do Planeta no restante do país, clique aqui!

Pitada de sugestão da Srta. Lacierda.

Que sufoco!

2009/03/27

O tempo em Brasília costuma mudar sem aviso. Enquanto chove na 504 sul, a 704 está ensolarada. Nosso colega deve ter sido vitimado por essa inconstância. Bem quando queria colocar o buggy para rodar por aí. Caiu o maior toró!

imag034